Papo de coffee lover!

Rafael Tonon no Jamboree Brasil CaféPAPO DE COFFEE LOVER!
O jornalista Rafael Tonon percorreu, no último ano, os principais redutos COFFEE GEEKS dos EUA (Portland, SF, Chicago…) e cidades em que a cena de cafés ganho nova conotação, como Dublin, na Irlanda, e Buenos Aires, na Argentina.

No Jamboree Brasil CAFÉ Centro Oeste, vai contar sobre essas andanças para mostrar a relação que tem se estabelecido com a xícara nas cafeterias mundo afora.

Rafael Tonon é jornalista e está sempre com o garfo em riste (e a xícara na mão) para devorar novidades, sabores e tendências da gastronomia. Trabalhou como editor na Editora Abril e colabora para títulos como Paladar (Estadão), VIP, Vida Simples, Galileu, Revista GOL, Wine, entre outros. E correspondente do Eater no Brasil.

Conheça o blog: http://www.whatthefork.com.br

Publicado por Jamboree Brasil CAFÉ em Segunda, 7 de março de 2016

 

O jornalista Rafael Tonon percorreu, no último ano, os principais redutos COFFEE GEEKS dos EUA (Portland, SF, Chicago…) e cidades em que a cena de cafés ganho nova conotação, como Dublin, na Irlanda, e Buenos Aires, na Argentina.

No Jamboree Brasil CAFÉ Centro Oeste, vai contar sobre essas andanças para mostrar a relação que tem se estabelecido com a xícara nas cafeterias mundo afora.

Rafael Tonon é jornalista e está sempre com o garfo em riste (e a xícara na mão) para devorar novidades, sabores e tendências da gastronomia. Trabalhou como editor na Editora Abril e colabora para títulos como Paladar (Estadão), VIP, Vida Simples, Galileu, Revista GOL, Wine, entre outros. E correspondente do Eater no Brasil.

Conheça o blog: http://www.whatthefork.com.br

Degustar: Uma forma rápida para você descobrir os segredos de um café

Por Natália Fernandes.

Quando comecei a trabalhar com café, há mais de 7 anos, quase tudo era novidade. Primeiro que eu nem gostava de tomar café, porque achava a bebida amarga demais.

Até que um dia tive a honra de participar de um curso de classificação e degustação de café, com um dos profissionais que mais admiro, o consultor em qualidade e gestão sensorial, Ensei Neto. A partir disso a forma como passei a enxergar o mundo do café mudou. Muita coisa aconteceu, dentre elas:

Campeonato Brasileiro de Barista 2011 - Regional São Paulo
Campeonato Brasileiro de Barista 2011 – Regional São Paulo
  1. Descobri porque alguns cafés são amargos
  2. Descobri que existem cafés doces e que amargor não é predicado de café
  3. Aprendi a diferenciar o café bom do ruim
  4. Fui juri sensorial em alguns campeonatos de barista
  5. Conheci pessoas incríveis
  6. Descobri que a vida é muito curta pra tomar cafés ruins =)

Hoje moro em Brasília. Estou aqui há três anos e meio e posso dizer que o consumo de café tem escalado bons metros por aqui. Diversas cafeterias que oferecem cafés especiais em diferentes modos de preparo abriram nos últimos anos. Atualmente é bem comum encontrar um lugarzinho para tomar e comprar bons cafés.

Mas o que me levou a escrever esse post é que quero que você tenha a mesma oportunidade que eu tive, de aprender sobre café provando, degustando e ouvindo os ensinamentos de pessoas que fazem isso diariamente, verdadeiros apaixonados e responsáveis por impactar a vida de milhares de pessoas.

No dia 19 de março, um sábado, vai ocorrer uma grande festa do café aqui em Brasília, no Brasília Palace Hotel, com a vinda de um evento idealizado para consumidores apaixonados por café, sejamCoffee Lovers (iniciantes) ou Coffee Geeks (avançados).

O evento se chama Jamboree Brasil Café. É uma iniciativa do Ensei Neto e Clube do Café, que após promover essa grande festa em São Paulo e em Porto Alegre, vão promover a regional Centro Oeste.

Estou bastante entusiasmada, pois além da oportunidade de aprender junto a outros apaixonados por café, fui convidada a contribuir com o Jamboree Brasil Café e estou coordenando o evento aqui.

No dia da “grande festa”, de acordo com a programação, você será recebido por um café de boas vindas, formado por um time de baristas dasmelhores cafeterias da cidade, que tem a oferecer cafés de diferentes regiões brasileiras em diversas formas de preparar. Você vai poder beber quantos cafés quiser e aguentar, rs.

O dia segue com duas palestras sobre novos rumos do consumo e extração. Depois do almoço você vai, de fato, testar tudo que sempre teve vontade, nos workshops de experimentação.

A cada 10 brasileiros 9 tomam café diariamente. Eu sou um deles e você é outro. Ficarei feliz em te encontrar lá no dia 19. Para saber mais informações e ver a programação completa clique aqui.

Se você conhece outros brasileiros que fazem parte dessa estatística, compartilhe esse post.

Essa é uma oportunidade única para descobrir a verdade que ninguém nunca contou para você sobre o poder de um café. Sinceramente não sei se o evento vai rolar aqui outras vezes.

Garanta sua vaga agora clicando aqui!

Ah! E olha isso, já ganhei uma peça personalizada (Crossfit+cafe) do premiado artista visual Daniel Kondo, que está apoiando o evento e estará lá com uma exposição chamada de “Minha Vida Cafeinada”.

IMG-20160306-WA0002

Grande abraço e até o Jamboree Brasil Café – Centro Oeste =)

Fonte: https://natadanatalia.wordpress.com/sobre-o-blog-sobre-o-que-realmente-importa/