A Ciência da Torra do Café

Pequenos milagres acontecem na Natureza, sim!

A forma como a natureza e suas ciências funcionam é simplesmente incrível, de grande precisão e de lógica perfeita!

Torrar café é, na verdade, um conjunto de conhecimentos que surpreende pela sua amplitude, pois para se estabelecer como a semente deve ser tratada é necessário saber onde e como foi produzida, pois sua estrutura química definirá a dinâmica de todo o processo, assim como a compreensão dos recursos e limitações do torrador é fundamental para se estabelecer a estratégia do processo.

Imagine que você irá preparar um cozido de carne e legumes, por exemplo. A escolha da carne é o primeiro passo. O tipo de carne para ser cozida é diferente daquela que é própria para ser assada na grelha.
O tipo de panela e respectivo material é outro ponto importante para você definir como será o processo de cozimento, quando colocar cada ingrediente, a intensidade da chama a cada momento e assim por diante.

Em razão das diferentes percepções e forma de aplicar o conhecimento, existem várias escolas de torra de café.

O 4º Jamboree Brasil Café fará um painel com as principais escolas para que você possa entender os princípios de cada uma e, assim, poder eleger aquela que lhe parece mais interessante.
Além disso, nos dias 03 e 04 de junho você poderá escolher atividades com equipamentos de torra para aprender a manipular e, quem sabe, escolher um para realizar sua torra doméstica…

Por isso, não perca essa edição do Jamboree Brasil Café!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *